Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Naturena

EMAGRECER em EQUILÍBRIO e com naturalidade...porque CADA CASO é um CASO!

       

Post EMAGRECER homem-5.jpgPost EMAGRECER-5.jpg

 

Um processo de emagrecimento na Naturena inicia-se com uma Consulta de Avaliação em formato BIO-FEEDBACK para identificação das causas deste desequilíbrio. Cada caso é um caso, mas existem 3 razões base que permitem que uma pessoa engorde:

 

  • Desequilíbrio orgânico ou metabólico;
  • Perturbações nervosas;
  • Escolhas alimentares inadequadas.

 

Na Consulta de Avaliação é desde logo processado um primeiro medicamento, personalizado, que irá iniciar a regularização do desequilíbrio identificado. Depois, é elaborado um programa de desintoxicação recorrendo a suplementação, batidos e sumos de vegetais com frutos.

 

Em simultâneo é prescrito um programa de Reeducação Alimentar onde interpretamos a cozinha como uma excelente farmácia. Neste programa estão incluídos os nossos Batidos Vitta Vega, dando aqui uma grande importância aos super-alimentos. E não se admire se lhe forem prescritos Chocolates Funcionais…

 

Parte fundamental do processo, eventualmente necessário, será a Terapia Hidrocólon para assim promover também o equilíbrio intestinal, otimizando a sua permeabilidade. Um conjunto de massagens complementam o programa personalizado, com a recomendação ainda de exercício regular a confortável.

 

Até breve,

assinatura joao.jpg

 

 

 

Hipertermia Oncológica

UM PASSO GIGANTE NO TRATAMENTO DO CANCRO

 

A hipertermia Oncológica apresenta-se como um meio inovador e eficaz no combate ao cancro ao conseguir destruir células cancerígenas de uma forma não invasiva e sem necessidade de internamento. Carateriza-se pelo aumento induzido da temperatura do corpo acima do nível fisiológico (39ºC a 45ºC) de forma local e profunda. O equipamento atua através de um gerador de 600W e 13,56 MHz que dirige a frequência até à zona tumoral. Esta terapia representa um passo gigante no avanço do tratamento do cancro e é tida como uma das abordagens mais prometedoras, desta forma:

 

  • É indolor e não invasivo, aplicado via externa recorrendo a duas antenas (elétrodos) ajustáveis e com modulação de frequência segundo os diferentes protocolos patogénicos;

 

  • É feita localmente, no tecido tumoral, numa dose térmica ótima;

 

  • Como não excede a boa tolerância térmica, consegue preservar os tecidos saudáveis circundantes;

 

  • Não são conhecidos efeitos secundários, nem é necessário internamento, sendo estes os principais benefícios relativamente à quimioterapia, radioterapia e cirurgia;

 

  • No entanto, pode ser utilizada de forma isolada ou combinada com as terapias tradicionais (quimioterapia, radioterapia e cirurgia);

 

  • O aumento da temperatura conseguido, nos órgãos afetados, promove uma maior sensibilidade nas respetivas células tumorais, otimizando-se assim os benefícios esperados da quimioterapia, radioterapia e cirurgia;

 

  • Favorece o aumento do fluxo dos fármacos da quimioterapia na zona corporal onde eles mais fazem falta;

 

  • Promove um efeito analgésico relevante;

 

  • Melhora a reparação do ADN celular, danificado pela radio e quimioterapia;

 

  • Alivia os efeitos secundários produzidos pela acumulação de radicais livres provenientes de sessões de radioterapia;

 

  • Acelera a destruição das células neoplásicas hipoxícas, aumentando 1,5 a 5 vezes o efeito da radioterapia;

 

  • Minimiza o risco de malignidade de tratamentos radioterapêuticos;

 

  • Ao simular o mecanismo de defesa fisiológica (febre), provoca a libertação de substâncias reguladoras com efeito protetor para o organismo doente, aumentando a ação imunitária do mesmo;

 

  • Em fase pré-operatória, facilita o trabalho do cirurgião, uma vez que o volume da massa tumoral é reduzido, mesmo que na avaliação inicial seja considerado inoperável;

 

  • Como as células tumorais possuem uma membrana alterada, conseguimos provocar a sua apoptose (morte celular programada) devido ao sobreaquecimento induzido;

 

  • A falta de vascularização do tumor provocada pela terapia gera uma hipoxia crónica, favorecendo a sua ação terapêutica;

 

  • A hipertermia altera o ciclo mitótico da célula cancerosa, inibindo a sua multiplicação;

 

  • O equipamento assume algoritmos específicos para inibição da produção de proteínas de choque térmico (resistências desenvolvidas pelas células tumorais);

 

  • O paciente recebe o tratamento em 10 sessões, cada uma de 50 a 90 minutos, consoante o tipo de tumor, em regime ambulatório (sem necessidade de internamento);

 

  • As contraindicações para a sua utilização são muito poucas, reduzindo-se aos casos de bypass e de próteses metálicas vizinhas da área a tratar;

 

  • Alem dos efeitos terapêuticos, os benefícios estendem-se por um aumento da qualidade de vida nas pessoas que recebem este tratamento;

 

  • É aprovada e recomendada pelo American Institute for Câncer, provando não só a sua eficácia, como também a sua seriedade;

 

  • Tem incrementado resultados de sobrevivência e qualidade de vida dos pacientes;

 

  • Além do tratamento de tumores, esta terapia pode ser usada para muitas outras patologias, nomeadamente as de carater inflamatório e imunitário;

 

  • O equipamento está a ser implementado em muitos hospitais (públicos e privados) e clinicas privadas nos EUA, Europa e Ásia;

 

2016.03.01 - Naturena (25).jpg

 

A hipertermia aparece como o 5º pilar do tratamento oncológico, depois da cirurgia, quimioterapia, radioterapia e tratamento por Medicinas Integrativas. Podemos concluir que o seu uso poderá ser aplicado juntamente com as novas terapias oncológicas emergentes, como a terapia genética, cirurgia reconstrutiva com células mãe, radiocirurgia estereotáxica, vacinas anticancerígenas e novos fármacos.

 

Até breve,

 assinatura joao.jpg

 

 

 

OS 5 PILARES DA INTUIÇÃO INTELIGENTE.

O CAMINHO SECRETO PARA RESGATAR A SAÚDE PERDIDA.

 

Este método concilia a Intuição e Inteligência do ser humano. A intuição de cada individuo, na sua capacidade de escolher o melhor para si, tem vindo a ser secundarizada, como se tivéssemos deixado de saber sobreviver. Com este método vamos resgatar essa capacidade perdida. Associamo-la à inteligência porque nunca tivemos acesso a tanto, nem a tão bom, conhecimento quanto hoje.

Desta forma acabamos de vez com a escolha, insistentemente mal feita, que as pessoas têm vindo a fazer para si próprias, e que apenas resulta na perda da saúde.

 

I N T U I Ç Ã O

 

A maior parte das pessoas bloqueou a capacidade de escolher o melhor para si. Apesar de comum a todos os animais, o ser humano foi perdendo essa capacidade, necessitando quase sempre de consultar um técnico. Perdemos a capacidade de intuir. Neste método, convidamos as pessoas a retomarem a exploração dessa capacidade, inata, mas que está inibida.

Em tudo na vida, nós temos uma intuição…

 

I N T E L I G Ê N C I A

 

A inteligência tira partido não só da razão, mas também da ciência. E a ciência vem ajudar-nos a explorar melhor a nossa intuição, o nosso património. O que já temos e o que já somos, acrescentando o melhor conhecimento científico.

Lema: Contrariando aquilo que tem vindo a ser popularizado, observações científicas recentes revelam que a herança genética vale apenas 5 a 10% da nossa condição de saúde. A parte restante é condicionada fundamentalmente pelo “ambiente”, que construímos à nossa volta.

Ou seja, grande parte das doenças tem muito mais a ver com o “ambiente” do que com a genética. Não vale a pena, portanto, atribuir muito valor à genética. Primeiro, porque na verdade não há muito a fazer. Segundo, porque não estaríamos a assumir a responsabilidade da mudança, do problema e da solução. Cada um de nós pode alterar o seu “ambiente”!

A saúde que temos vindo a perder pode ser recuperada se alterarmos, favoravelmente, o nosso “ambiente”. E esse passo de gigante é conseguido através do MÉTODO DA INTUIÇÃO INTELIGENTE, sustentado por 5 grandes PILARES, a saber:

 

1. Alimentação >> Devemos priviligiar a alimentação funcional a partir de ingredientes biológicos, onde se preservam as estruturas enzimáticas e o valor integral dos alimentos. Sumos e batidos de legumes e frutos, e ainda uma série de suplementos alimentares especificamente desenvolvidos, complementam o processo.

 

2. Emoções >> Vamos reprogramar a Mente para (e com) novas atitudes?

 

3. Movimento >> Como somos 70% de água (sangue, linfa e os outros humores líquidos) a ausência de exercício físico transforma-nos num autêntico pântano. Por isso devemos escolher um movimento comodo e regular, complementado com um conjunto de manipulações personalizadas, ativando desta forma todos os nossos humores.

 

4. Sono >> Durante o sono há uma reposição da nossa imunidade, bem como a síntese e produção das mais importantes hormonas. Elevar a qualidade do nosso sono, é fundamental!

 

5. Respiração >> Tão importante quanto a reeducação alimentar, respirar corretamente justifica o método. É algo que adquirimos naturalmente, e inconscientemente, com o aumento progressivo do bem-estar aqui promovido.

 

Somos o que comemos e o que pensamos. Alguém que come lixo, naturalmente pensa lixo. E vice-versa. Quando pensamos lixo, desencadeamos um conjunto de emoções que não prestam. E de seguida comportamentos que não interessam, originando uma sociedade de “loucos”.

 

Então, se queremos mudar tudo isto, alteremos a dieta das pessoas.

 

 

Até breve,

assinatura joao.jpg

 

 

 

Sobre

Dr. João Gil Pereira

NATURENA no Facebook

Mensagens

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2016
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D